maat Mode 2020

Um programa público experimental participativo, proposto como um exercício aberto de reflexão sobre o papel que as instituições culturais desempenham na sociedade e de prototipagem do museu do futuro.
02/04/2020

[aviso]

Devido às medidas de segurança em vigor para a contenção do Covid-19, o programa maat Mode que temos estado a preparar nos últimos meses viverá temporariamente numa dimensão online, até que seja possível reabrir as portas e voltar a receber os nossos visitantes no museu. Apesar disso, a nossa equipa do maat e todos os nossos colaboradores estão a fazer um esforço para manter vivas as conversas que este programa quer fomentar.
Siga-nos no Instagram, Facebook, e no nosso novo canal de YouTube. Nestes canais daremos notícias atualizadas sobre as mudanças feitas às atividades listadas na secção “In time” deste website.
Saúde e força!

13/03/2020

“As instituições culturais devem ser plataformas catalisadoras e ativadoras do discurso que conferem poder ao público para que assuma as suas próprias escolhas através da articulação do debate, da partilha de posições e da formulação de conhecimento. Este é o museu como Fórum Aberto – Palco – Escola.” (Beatrice Leanza, Diretora Executiva, maat)

O programa do maat para 2020 arranca com uma experiência aberta de prototipagem deste tipo de museu precisamente — maat Mode (27 de março — 13 de setembro de 2020) é um programa público experimental participativo com uma duração de sete meses, incluindo palestras e outros eventos que questionam o papel das instituições culturais na sociedade e antecipam o museu do futuro. Desenvolvido em colaboração com um conjunto variado de profissionais, instituições e grupos comunitários, locais e internacionais, bem como com os curadores e criadores envolvidos nos projetos a apresentar no museu a partir do outono de 2020, o maat Mode dá corpo a um gesto transformativo que redireciona temporariamente o museu no sentido de uma arena cívica polifuncional, onde a vida pública é debatida, examinada, desafiada e possivelmente inspirada a construir um futuro mais inclusivo e paritário.

O maat Mode é ativado através do projeto arquitetónico central, desenhado pelo atelier nova-iorquino SO – IL e intitulado Beeline. Esta ampla intervenção temporária, encomendada especificamente para acolher este programa, ocupa a totalidade do espaço do maat, aproveitando o cais de cargas do edifício para abrir uma segunda entrada temporária voltada para a cidade, para além da entrada original, do lado do rio. De acordo com os arquitetos, “esta transformação, ativa não só novas perspetivas do edifício, como desafia também as hierarquias de espaços implícitas num museu tradicional”. Beeline conduz o público por caminhos elevados, diferentes áreas de apresentação e de trabalho, transformando o museu numa paisagem de encontros e conversas.

O maat Mode apresenta um conjunto de linhas de narrativas concomitantes ao longo de cinco meses, cujos tópicos, conteúdos e modos de participação pública são, em simultâneo, testes e um prelúdio da programação futura. As áreas de investigação abordam, entre muitas outras, a ação climática, com especial foco sobre os oceanos e a cultura marítima, e incluem colaborações com instituições culturais e educacionais portuguesas e internacionais. Também serão apresentadas oficinas, filmes, palestras e “escolas”, que irão discutir e explorar vários temas relacionados com a política da sustentabilidade, o conhecimento científico e outras transformações urbanas e sociais que ecoam dentro e para além do contexto português.

Os projetos irão também abordar as Coleções de Arte Portuguesa e de Património Energético da Fundação EDP através de apresentações especiais num sistema reconfigurável de armazenamento de arte e estruturas de exibição, respetivamente, igualmente projetadas pelo atelier SO – IL, com colaborações inéditas com artistas da coleção, oficinas e palestras de especialistas nos campos relevantes. Um programa multifacetado de música, que terá lugar para lá do maat Mode, inclui novas produções e estreias, bem como projetos sonoros novos apresentados nas Sound Capsules — estações áudio dedicadas no interior do museu.

Uma Media Room instalada no interior do museu durante o maat Mode será gerida pela equipa do museu em colaboração com várias entidades de divulgação cultural, comunicação social e universidades.

Leia mais sobre o programa de eventos do maat Mode 2020 na seção "In time" deste site.

maat Mode 2020
Identidade visual do "maat Mode 2020" com desenhos do estúdio SO - IL