Skip to main content
Category
Visitas
Marcar o Lugar – Alzheimer
Subtitle/Oneliner
Encontros no museu
Small Description
Com Susana Anágua e Cristina Campos
Image
MAAT visita Alzheimer Dementia
Mobile Image
MAAT visita Alzheimer Dementia
Image Credit
Fotografia: Paulo Alexandre Coelho
Terminou
05/04/2024 - 10/05/2024
Text

Visitas-oficina destinadas a pessoas com demência e seus cuidadores que incluem a observação e a discussão de obras de arte em grupo, e ainda a realização de atividades de produção plástica. Também podem incluir a escuta de sons, a exploração de textos e a utilização do gesto e do movimento, pretendendo-se desta forma explorar as exposições de forma criativa. Cada série de visitas-oficina inclui seis sessões semanais, realizadas à sexta-feira, de 05/04 a 10/05/2024. Cada sessão tem uma duração aproximada de 1.5 horas, das 11.00 às 12.30.

 

A participação é gratuita e não exige conhecimentos prévios sobre arte ou o hábito de visitar museus ou outros espaços culturais. A inscrição passa por responder a algumas questões, disponíveis aqui.

 

Datas:

05/04/2024 
12/04/2024 
19/04/2024 
26/04/2024 
03/05/2024 
10/05/2024

 

Público-alvo: Pessoas com diagnóstico de Demência e seus cuidadores formais e informais

Lotação:  6 participantes e seus cuidadores informais

Idioma: Português

Preço: gratuito

Ponto de encontro: MAAT Gallery bilheteira

 

 

Susana Anágua é doutorada em Cultura e Arte Contemporânea do programa da PPGARTES – UERJ, Rio de Janeiro, e bolseira da FAPERJ. Mestrado em Digital Arts pela Universidade de Artes de Londres – Camberwell College of Arts (2009) e bolseira da Fundação Calouste Gulbenkian. Licenciada pela ESAD – Escola Superior de Artes e Design, Caldas da Rainha, onde leciona desde 2009. Leciona atualmente também na ESELx – Escola Superior de Educação de Lisboa nos cursos de AVT e Mediação Artística e Cultural. Desde 2000 que colabora regularmente na conceção e orientação de programas educativos no Centro Cultural de Belém – Museu de Arte Contemporânea, no MAAT – Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia e na Fundação Calouste Gulbenkian, desenvolvendo atividades com diversos públicos, nomeadamente com necessidades especiais. Participou em programas de parcerias com Instituições tais como AFID e Fundação Alzheimer. Em 2015, no Rio de Janeiro, fez parte do projeto de inclusão e pacificação das favelas pela educação, que foi financiado por fundos da Fundação Kibon, em parceria com o Centro Educativo (EDUCAP) do Complexo do Alemão.

 

Cristina Campos é licenciada em História Moderna e Contemporânea, na variante de Gestão e Animação de Bens Culturais (ISCTE), e pós-graduada em Gestão Cultural nas Cidades (INDEG-IUL) e em Jornalismo (FCSH), frequenta atualmente um doutoramento em Educação Artística (FBAUL/IE). O seu percurso profissional tem-se consolidado em torno de projetos de mediação na área artístico-cultural, com especial incidência no âmbito museológico. Nos últimos anos participou na conceção e orientação de diferentes programas direcionados para público com necessidades educativas específicas, bem como para a comunidade sénior, nomeadamente no âmbito do Museu Calouste Gulbenkian. Tem participado em diferentes ações de formação focadas nestas áreas, como o encontro internacional “I AM – Inclusive and Accessible Museums” (projecto da UE “TANDEM: Tools And New approaches for people with Disabilities Exploring Museums”) e a ação de capacitação “Mediar Públicos com Demência”, coordenado pela Associação Alzheimer Portugal.

 

O programa Marcar o Lugar: Encontros no Museu tem o apoio científico e técnico da Associação Alzheimer Portugal e do Instituto de Ciências Médicas da Universidade Católica Portuguesa. Foi originalmente desenhado pelo Museu de Lisboa, a Alzheimer Portugal, o MAAT – Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia, a Acesso Cultura e o Instituto de Ciências Médicas da Universidade Católica Portuguesa para criar um modelo replicável noutros museus. Teve a sua primeira fase-piloto e de teste em 2021 e 2022.

 

 

Indicates required field
Escolha o seu idioma
This question is for testing whether or not you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Declaro que tomei conhecimento da política de privacidade e concordo que os meus dados pessoais sejam recolhidos pela Fundação EDP e tratados para cada uma das finalidades que assinalei.