Skip to main content
Lab#1 For a Brave New Brussels
Lab#1, For A Brave New Brussels
Lab#1, For A Brave New Brussels

A exposição For a Brave New Brussels. Artistic vs Technocentric approaches on Smart Cities apresentou no MAAT nove instalações e duas criações in situ de artistas que vivem e trabalham em Bruxelas. As obras apresentadas convidaram o visitante a pensar, de forma crítica, sobre o futuro papel dos artistas nas cidades contemporâneas e sobre o potencial diálogo que podemos criar entre Arte e Indústria.

O conceito de smart cities foi o tema principal dos projetos. As cidades contemporâneas atraem hoje um número crescente de pessoas, e com elas vêm recursos, ideias, oportunidades e conhecimento. Atualmente, 50% da população mundial vive num contexto social desenvolvido. Em 2015, estima-se que esta percentagem atinja os 70%.

As novas tecnologias invadiram os espaços urbanos, e, por consequência, melhoraram a qualidade de vida dos cidadãos. Mas, hoje sabemos pelos estudos que têm sido feitos um pouco por todo o mundo, o peso do impacto deste desenvolvimento digital nas cidades, a nível psicológico, ético, filosófico, social e político.

For a Brave New Brussels pretendeu envolver os cidadãos na resposta à pergunta “O que constitui uma smart city desejável na era da revolução tecnológica?"

 

Artistas
Younes Baba-Ali, Christoph De Boeck, Jan De Cock, Pierre-Jean Giloux – LAb[au], Julien Maire, Annemarie Maes, Joanie Lemercier, Beat Streuli, Maarten Vanden Eynde, Frederik De Wilde

Co-produção: BOZAR (Brussels), Gluon (Brussels), Stéphanie Pécourt

Apoio: The Government of the Brussels Capital Region, MAAT, The Joint Research Centre

MAAT Gallery
MAAT Gallery
Indicates required field
Escolha o seu idioma
This question is for testing whether or not you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Declaro que tomei conhecimento da política de privacidade e concordo que os meus dados pessoais sejam recolhidos pela Fundação EDP e tratados para cada uma das finalidades que assinalei.