Skip to main content
Jesper Just. Servitudes — Circuits (Interpassivities)
MAAT Gallery

Usando a arquitetura expositiva como um medium que dialoga com projeções de vídeo, Jesper Just (n. 1974) transformou a Galeria Oval do MAAT num par de espaços emocionais habitados por personagens fugazes que refletem a condição humana na era presente, numa intervenção site-specific. Através do som, de estruturas construídas e da desconstrução de imagens em movimento, o artista altera a perceção e a fisicalidade dos espaços de exposição, obstruindo o fluxo habitual dos visitantes. Esta abordagem performativa obriga o visitante a ajustar-se a condições inesperadas, testando ideias de agenciamento, de autoconsciência e dos limites do corpo.

Servitudes – Circuits (Interpassivities) combina e reencena duas peças inter-relacionadas da produção recente do artista: Servitudes, uma videoinstalação de oito canais, apresentada pela primeira vez em 2015, e Circuits (Interpassivities), uma peça multimédia mais recente, pela primeira vez apresentada num contexto museológico.

 

Mecenas: Roff
Apoio: Soandaimes, Ytong, Kuadrat, Embaixada da Dinamarca em Lisboa, Danish Arts Foundation
Agradecimentos: Ny Carlsberg Fondet, Kunsthal Charlottenborg, Galerie Perrotin, Galerri Nicolai Wallner.

On
No
Curadoria
Pedro Gadanho
Irene Campolmi
Jesper Just. Servitudes — Circuits (Interpassivities)
MAAT Gallery

Usando a arquitetura expositiva como um medium que dialoga com projeções de vídeo, Jesper Just (n. 1974) transformou a Galeria Oval do MAAT num par de espaços emocionais habitados por personagens fugazes que refletem a condição humana na era presente, numa intervenção site-specific. Através do som, de estruturas construídas e da desconstrução de imagens em movimento, o artista altera a perceção e a fisicalidade dos espaços de exposição, obstruindo o fluxo habitual dos visitantes. Esta abordagem performativa obriga o visitante a ajustar-se a condições inesperadas, testando ideias de agenciamento, de autoconsciência e dos limites do corpo.

Servitudes – Circuits (Interpassivities) combina e reencena duas peças inter-relacionadas da produção recente do artista: Servitudes, uma videoinstalação de oito canais, apresentada pela primeira vez em 2015, e Circuits (Interpassivities), uma peça multimédia mais recente, pela primeira vez apresentada num contexto museológico.

 

Mecenas: Roff
Apoio: Soandaimes, Ytong, Kuadrat, Embaixada da Dinamarca em Lisboa, Danish Arts Foundation
Agradecimentos: Ny Carlsberg Fondet, Kunsthal Charlottenborg, Galerie Perrotin, Galerri Nicolai Wallner.

On
No
Curadoria
Pedro Gadanho
Irene Campolmi
Indicates required field
Escolha o seu idioma
This question is for testing whether or not you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Declaro que tomei conhecimento da política de privacidade e concordo que os meus dados pessoais sejam recolhidos pela Fundação EDP e tratados para cada uma das finalidades que assinalei.